05 dezembro 2007

As Agências Vencedoras

                               logo governo

Aqui está a relação das 8 agências selecionadas para atender a conta publicitária do Governo do Pará.

A lista está pela ordem de pontuação.

  1. Mendes Publicidade Ltda. - 93,8 pontos
  2. Vanguarda Propaganda Ltda. - 81 pontos
  3. Castilho Propaganda e Marketing SS Ltda. - 76 pontos
  4. Fax Comunicação Ltda. - 75,2 pontos
  5. Double M Comunicação Ltda. - 75 pontos
  6. CA Comunicação e Assessoria SS Ltda. - 73,2 pontos
  7. Gamma Comunicação Ltda. - 71,2 pontos
  8. DC3 Comunicação Ltda. - 71 pontos

 

Na seqüencia, ficam classificadas as seguintes agências:

  1. OMG Comunicação Total Ltda. - 69,6 pontos
  2. Sotaque Brasil Publicidade e Propaganda Ltda. - 69,2 pontos
  3. Sim Comunicação Ltda. - 69,2 pontos
  4. Verve Comunicação Ltda. - 69,2 pontos
  5. J.M.P. Comunicação e Negócios Ltda. - 68,8 pontos
  6. Ivo Amaral Publicidade Ltda. - 68,8 pontos
  7. Borges Publicidade Ltda. - 67,8 pontos
  8. Da Vinci Impressos e Publicidade Ltda. - 66,4 pontos
  9. Nova Comunicação Ltda. - 64,4 pontos
  10. Jimenez e Associados Propaganda Ltda. - 63,8 pontos
  11. C8 Comunicação Ltda. - 62,8 pontos
  12. Tango Comunicação Ltda. - 62,6 pontos
  13. Dahás Comunicação e Marketing Ltda. - 62 pontos
  14. Bastos Propaganda Ltda. - 58 pontos
  15. Strategia Comunicação Marketing e Serviços Gráficos Ltda. - 53,6 pontos

Ainda segundo a comissão:

Todas as agências apresentaram propostas comerciais com o máximo de desconto, até os limites exigidos, com exceção das seguintes agências:

Tango Comunicação Ltda. – Concedeu em sua proposta descontos de 10% no primeiro item de avaliação (10.1.6.1) quando o limite de descontos deste item era de 5%, pontuando apenas no julgamento dos itens posteriores.

Bastos Propaganda Ltda. – Concedeu em sua proposta, descontos de 15% no primeiro item de avaliação (10.1.6.1) e 10% no segundo item de avaliação (10.1.6.2), quando o limite de descontos em ambos os itens era de 5%, pontuando apenas no julgamento dos itens posteriores.

Strategia Comunicação Marketing e Serviços Gráficos Ltda. – Concedeu em sua proposta descontos de 10% no primeiro item de avaliação (10.1.6.1) e 7% no segundo item de avaliação (10.1.6.2), quando o limite de descontos em ambos os itens era de 5%, e concedeu descontos de 60% no terceiro item de avaliação, quando o limite de desconto era de 50%, pontuando apenas no julgamento do último item.

20 comentários:

  1. Isso é absurdo! A Tango não fez isso que a comissão está dizendo. O limite máximo de desconto não era de 5%. Além do que, demos o mesmo desconto, 10% e 5%, que deram todas as agências vencedoras... Nós vimos. Ninguém nos contou. Temos provas. E as outras agências viram tb.

    ResponderExcluir
  2. Por que as agências pequenas puderam dar desconto além do que pediam e as grande não? Só para "obedecer" o edital? Eu dou o desconto que quiser e ninguém tem nada a ver com isso. Pelo contrário, estou ajudando o governo a otimizar seu investimento. Tem muita maracutaia nessa história....

    ResponderExcluir
  3. Algumas agências foram visilvemente sacaneadas, por causa de uma nata sem escrúpulos.
    As que "ficaram de fora", são muito mais vitoriosas dos que muitas.
    Parabéns a vocês, infelizmente tanto sacrifício foi CRUELMENTE jogado ao lixo.
    VOCÊS SÃO MAIS DO QUE VITORIOSOS!!!

    ResponderExcluir
  4. Cadê a credibilodade e a veracidade da Licitação??? Pelo o ocorrido a "panelinha" continua!!!
    De tanta pressão, os responsáveis não aguentaram e acabaram cedendo o ABSURDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Glauco Lima, Chico Cavalcante, Anselmo Gama, C�sar Paes Barreto. O Governo do Estado est� contratando o que h� de melhor na comunica�o institucional no Norte do Brasil e usando bem o dinheiro do contribuinte para investir em comunica�o com a sociedade.

    ResponderExcluir
  6. Ei Salame...
    Como bem sabes, estou longe demais das capitais...
    Gostaria de ver o tão falado, comentado, propalado... pois é... VT do PSDB em homenagem ao atual governo petista paraense..
    O "Pó" nos brindaria (a mim e outros caixeiros viajantes) com este mimo?
    Abração,
    Pascoal Gemaque

    ResponderExcluir
  7. Pascoal Gemaque quer usar o Pó de Video para fazer propaganda extemporânea e criminalizar o blog por desobedecer às normas do TRE para veiculação de propaganda partidária. Não caia nessa, Ronaldo.

    ResponderExcluir
  8. Pascoal está saudoso. Dos tempos em que os reis da incompetência amarela mandavam nesse estado e quer usar o blog para esse proselitismo político. Sinceramente...

    ResponderExcluir
  9. Nailson Guimarães - Estratégiaqua dez 05, 03:21:00 PM

    Parabéns aos vencedores. Ficamos de fora. E daí? Se chegamos até aqui, podemos ir muito mais. Abraços

    ResponderExcluir
  10. Esta retendo comentarios dos outros posts????

    Estao falando a verdade sobre o comportamento das agencias??? Tens medo de ser punido???

    ResponderExcluir
  11. "Por que as agências pequenas puderam dar desconto além do que pediam e as grande não? Só para "obedecer" o edital? Eu dou o desconto que quiser e ninguém tem nada a ver com isso. Pelo contrário, estou ajudando o governo a otimizar seu investimento. Tem muita maracutaia nessa história...."

    Não é uma questão de edital tão somente, mas sim de lei. Existem normas que regem a atividade publicitária e elas determinam descontos máximos, inclusive de acordo com a verba de cada cliente. Todos que trabalham nessa atividade deveriam saber isso ao fazer uma proposta de preços. Caso não, bastava pesquisar no Google, era o mínimo.

    ResponderExcluir
  12. Que tal acabar a choradeira por aqui e alguém anunciar quando começa o trabalho? O governo está precisando. Mesmo que tenha ainda ficado três das agências do governo passado (e que estavam no centro de baixarias como o adesivo "Xô, Galinha", distribuido pela campanha tucana), isso não desqualifica o certame. A Double M, que ficou em quinto, seguirá atendendo ao gabinete da governadora, porque é a única agência de confiança pessoal de Ana Júlia.

    ResponderExcluir
  13. Odeio anônimos.

    Parabéns, agências!!!

    Fiquei contentíssima pela DC3 e Gamma (claro). Mereciam ganhar.

    Bom trabalho a todos! E bote trabalho nisso.

    ResponderExcluir
  14. Não odeio anônimos.
    Não odeio ninguém...
    Tenho pena. O que é pior.

    ResponderExcluir
  15. Em tempo...
    Salamaleque,
    Nem sabia que regras eleitorais atingiam blogs e afins...
    E será que atingem mesmo?
    Se atingem, me desculpe (você, claro) pelo pedido e desconhecimento de causa.
    Sendo assim, o negócio então é esperar pelo youtube, onde o vídeo logo aparecerá. De preferência editado com imagens inéditas de mulheres sendo estupradas em cadeias e,como diria a governadora Pinduca, "crianças presas".
    Amplexos.

    ResponderExcluir
  16. O Edital era transparente, até agora não pude acreditar que as agências entregaram o ouro de bandeja. Estavamos lá e conferimos. Percebemos o erro na mesma hora, alguns comemoraram sem disfarces, anotamos pra conferir depois, se o quadro anterior não fosse alterado,aí sim, seria engodo puro.Lamentei por ambas.

    ResponderExcluir
  17. O comentário das 7:36 é piada ! siceramente, acho que ele tá brincando. Não estar nem aí pro Edital e fazer o que der na veneta, é a receita certa pra nunca ganhar concorrência.Hilário!!!

    ResponderExcluir
  18. Nailson Guimarães - Estratégiaqui dez 06, 10:59:00 AM

    Quero dar meus parabéns às agências vencedoras. Reconheço que todas são competentes - e o mercado sabe disso. Ficamos de fora porque realmente reconhecemos o nosso erro, por inexperiência na hora dos preços, mas valeu o fato de termos chegado tão perto. "Mais vale ter errado do que nunca ter tentado." Feliz Natal a todos!

    ResponderExcluir
  19. Ronaldo,

    raciocine comigo: se houve licitação para o governo do Estado, porque as OS (são cinco nesse governo) também não abrem concorrência para o atendimento publicitário de suas contas? Para ficarmos em dois exemplos, o Hangar tem revista em policromia e comerciais de TV, a Estação das Docas faz revista mensal e dezenas de cartazes de eventos a cada mês, gerando demanda de agência. Essas OS, embora sejam entes privados, tem nomeação e recursos públicos. Ao invés de escolher com base no apadrinhamento, poderiam abrir disputa. As grandes agências, que já estão contempladas na licitação do Estado, declinariam de participar e isso abriria espaço para que outras agências, menores, atendessem a esses entes mistos. O que você acha?

    ResponderExcluir
  20. A chaves mais não participou da licitação????

    Não a vi no ranking.

    ResponderExcluir

Lembre-se que esse blog não é um ringue de boxe ou um octágono para que rolem as porradas.